Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quantos graus é febre (e como medir a temperatura)

É considerado febre quando a temperatura na axila é superior a 38ºC, já que temperaturas entre os 37,5º e os 38ºC podem ser facilmente atingidas, especialmente quando está muito calor ou quando a pessoa tem muitas camadas de roupa vestida, por exemplo.

A forma mais segura de saber se se está com febre é usar o termômetro para medir a temperatura, e não confiar em apenas em colocar a mão na testa ou na nuca.

Muitas vezes, a temperatura alta pode ser diminuída de forma natural, retirando-se uma peça de roupa ou tomando um banho com água morna, quase fria, por exemplo. Porém, nos casos em que a temperatura na axila é superior a 39ºC é recomendado procurar atendimento médico, pois pode ser necessário o uso de remédios. Veja as principais formas de baixar a febre.

Quantos graus é febre (e como medir a temperatura)

Quantos graus é febre no adulto

A temperatura corporal normal varia entre os 35,4ºC e 37,2ºC, quando medida na axila, mas pode aumentar em situações de gripe ou de infecção, gerando febre. As principais variações da temperatura corporal incluem:

  • Temperatura ligeiramente aumentada, conhecida como "subfebril": entre os 37,5ºC e os 38ºC. Nestes casos, geralmente surgem outros sintomas, como arrepios, tremores ou vermelhidão do rosto e deve-se retirar a primeira camada de roupa, tomar um banho de água morna ou beber água;
  • Febre: é a temperatura axilar superior a 38ºC. No caso do adulto, pode ser recomendado tomar um comprimido de 1000 mg de paracetamol, ficar apenas com uma camada de roupa ou colocar compressas frias na testa. Caso a temperatura não diminua após 3 horas, deve-se ir ao pronto-socorro;
  • Febre alta: é a temperatura axilar acima de 39,6ºC, que deve ser considerada uma emergência médica e, por isso, a pessoa deve ser avaliada por um médico.

A temperatura também pode ser inferior ao normal, ou seja, menor que 35,4ºC. Isso geralmente acontece quando a pessoa fica muito tempo exposta ao frio e é conhecido como "hipotermia". Nestes casos, deve-se tentar retirar a fonte do frio e vestir várias camadas de roupa, beber chá quente ou aquecer a casa, por exemplo. Entenda o que pode causar hipotermia e o que fazer.

Veja como baixar a febre rapidamente sem usar remédios:

Qual temperatura é febre no bebê e crianças

A temperatura corporal do bebê e da criança é ligeiramente diferente do adulto, sendo que o normal é a temperatura variar entre os 36ºC e 37ºC. As principais variações da temperatura corporal na infância são:

  • Temperatura ligeiramente aumentada: entre os 37,1ºC e os 37,5ºC. Nestes casos, deve-se retirar uma camada de roupa e dar um banho de água morna;
  • Febre: temperatura anal superior a 37,8ºC ou axilar superior a 38ºC. Nestes casos, os pais devem ligar para o pediatra para orientar o uso de remédios para a febre ou a necessidade de ir ao pronto-socorro;
  • Temperatura corporal baixa (hipotermia): temperatura inferior a 35,5ºC. Nestes casos, deve-se vestir mais uma camada de roupa e evitar correntes de ar. Caso a temperatura não aumente em 30 minutos, deve-se ir ao pronto-socorro.

As variações da temperatura no bebê e na criança nem sempre são por motivo de doença ou infecção, podendo variar devido à quantidade de roupa vestida, ao nascimento dos dentes, reação de alguma vacina ou devido à temperatura do ambiente, por exemplo.

Quanto tomar remédio para baixar a febre

Retirar o excesso de roupa e tomar um banho morninho é uma boa forma de baixar a temperatura corporal, mas quando isso não é suficiente, o médico pode recomendar o uso de um antitérmico, também conhecido como antipirético, para baixar a febre. O remédio mais utilizado nestas situações geralmente é o paracetamol, que pode ser tomado até 3 vezes ao dia, em intervalos de 6 a 8 horas. Veja outros medicamentos para baixar a febre.

No caso de bebês e crianças, os remédios para febre só devem ser utilizados com orientação do pediatra, já que as dosagens variam bastante de acordo com o peso e idade.

Como medir a temperatura corretamente

Para medir a temperatura corporal corretamente primeiro é importante saber como utilizar cada tipo de termômetro. Os mais comuns são:

  • Termômetro digital: colocar a ponta metálica na axila, ânus ou boca em contato direto com a pele ou as mucosas e esperar até ao sinal sonoro, para verificar a temperatura;
  • Termômetro de vidro: colocar a ponta do termômetro na axila, boca ou ânus, em contato direto com a pele ou as mucosas, esperar 3 a 5 minutos e depois verificar a temperatura;
  • Termômetro infravermelho: apontar a ponta do termômetro para a testa ou para o interior do canal auditivo e apertar o botão. Após o "bip" o termômetro mostrará a temperatura imediatamente.

Veja um guia completo para utilizar cada tipo de termômetro.

A temperatura corporal deve ser medida em repouso e nunca imediatamente após a atividade física ou após um banho, porque, nesses casos é normal que a temperatura esteja mais elevada e, por isso, o valor pode não ser real.

O termômetro mais comum, mais prático e mais seguro de utilizar é o termômetro digital, pois consegue fazer a leitura da temperatura debaixo da axila e produz um sinal sonoro quando chega na temperatura corporal. No entanto, qualquer termômetro é confiável, desde que corretamente utilizado. O único tipo de termômetro que está contraindicado é o termômetro de mercúrio, já que pode causar intoxicação caso quebre.

Como medir a temperatura no bebê

A temperatura corporal no bebê deve ser medida com o termômetro, como no adulto, sendo que se deve dar preferência aos termômetros mais confortáveis e rápidos, como o digital ou de infravermelhos.

O local ideal para avaliar a temperatura do bebê com mais precisão é o ânus e, nestes casos, deve-se usar o termômetro digital com ponta mole para não machucar o bebê. Porém, caso os pais não se sintam confortáveis, poderão utilizar a medição de temperatura na axila, confirmando a temperatura anal apenas no pediatra, por exemplo.

Bibliografia >

  • POTTER, Patrícia A.; PERRY, Anne G.. Fundamentos de Enfermagem. 9.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017. 205-217.
  • NHS. High temperature (fever) in adults. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/fever-in-adults/>. Acesso em 19 Jun 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem