Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que precisa saber sobre o Rh negativo na Gravidez

Toda gestante com tipo de sangue negativo deve tomar uma injeção de imunoglobulina durante a gestação ou logo após o parto para evitar complicações no bebê.

Isso acontece porque quando a mulher possui o Rh negativo e entra em contato com o sangue Rh positivo (do bebê durante o parto, por exemplo) seu corpo reagirá produzindo anticorpos contra o RH positivo, o nome disso é sensibilização ao RH.

Normalmente não existem complicações durante a primeira gravidez porque a mulher só entra em contato com o sangue do bebê durante o parto, mas existe a possibilidade de acidente de carro ou outro procedimento médico invasivo de urgência, que possa colocar em contato o sangue da mãe e do bebê, e se isso acontecer, o bebê pode sofrer graves alterações.

A solução para evitar a sensibilização da mãe ao Rh é que a mulher tome uma injeção de imunoglobulina durante a gestação, para que o seu corpo não forme anticorpos anti-Rh positivo.

O que precisa saber sobre o Rh negativo na Gravidez

Quem precisa tomar imunoglobulina

O tratamento com injeção de imunoglobulina é indicado para todas as gestantes com sangue Rh negativo cujo pai tem RH positivo, já que existe risco de o bebê herdar o fator Rh do pai e ser também positivo.

Não há necessidade de tratamento quando tanto a mãe, como o pai da criança, possuem Rh negativo porque o bebê também ter RH negativo. Todavia, o médico pode optar por tratar todas as mulheres com Rh negativo, por questões de segurança, porque o pai do bebê pode ser outro. 

Como tomar a imunoglobulina

O tratamento indicado pelo médico quando a mulher possui Rh negativo consiste na toma de 1 ou 2 injeções de imunoglobulina anti-D, seguindo o seguinte esquema:

  • Durante a gravidez: Tomar apenas 1 injeção de imunoglobulina anti-D entre a 28-30 semanas de gestação, ou 2 injeções nas semanas 28 e 34, respectivamente; 
  • Após o parto: Se o bebê for Rh positivo, a mãe deve tomar uma injeção de imunoglobulina anti-D até 3 dias após o parto, caso não se tenha feito a injeção durante a gravidez.

Esse tratamento é indicado para todas as mulheres que desejam mais de 1 filho e a decisão por não realizar esse tratamento deve ser discutida com o médico.

O médico pode decidir realizar o mesmo esquema de tratamento à cada gravidez, porque a imunização dura pouco tempo, não sendo definitiva. Quando o tratamento não é realizado o bebê pode nascer com a Doença de Reshus, confira as consequências e o tratamento para essa doença


Bibliografia

  • COCHRANE PREGNANCY AND CHILDBIRTH GROUP. Anti-D administration in pregnancy for preventing Rhesusalloimmunisation (Review). Link: <www.cochranelibrary.com>. Acesso em 15 Mar 2019
  • NATIONAL HEART, LUNG AND BLOOD INSTITUTE. Rh Incompatibility. Link: <www.nhlbi.nih.gov>. Acesso em 16 Mai 2019
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem