Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Doença de Addison: o que é, principais sintomas e tratamento

A doença de Addison, conhecida como "insuficiência adrenal primária" ou "síndrome de Addison", acontece quando a glândula adrenal ou a suprarrenal, que estão localizadas no topo dos rins, deixam de produzir os hormônios cortisol e aldosterona, que são responsáveis por controlar o estresse, pressão arterial e reduzir inflamações. Assim, a falta desses hormônios pode levar à fraqueza, hipotensão e sensação de cansaço generalizada. Entenda melhor o que é o cortisol e para que serve.

Esta doença pode acontecer em pessoas de qualquer idade, homens ou mulheres, mas é mais comum entre 30 e 40 anos, e pode ser causada por diversos fatores, como uso prolongado de medicamentos, infecções ou doenças auto-imunes, por exemplo.

O tratamento da doença de Addison é determinado pelo endocrinologista a partir da avaliação dos sintomas e da dosagem dos hormônios por meio de exame de sangue e normalmente envolve a suplementação do hormônio.

Doença de Addison: o que é, principais sintomas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas aparecem conforme os níveis hormonais vão diminuindo, podendo incluir:

  • Dor abdominal;
  • Fraqueza;
  • Fadiga
  • Náuseas;
  • Emagrecimento;
  • Anorexia;
  • Manchas na pele, gengivas e dobras, chamadas de hiperpigmentação cutânea;
  • Desidratação;
  • Hipotensão postural, que corresponde à tontura ao levantar-se, e desmaios.

Por não possuir sintomas específicos, a doença de Addison frequentemente é confundida com outras doenças, como anemia ou depressão, o que leva a demora do diagnóstico correto.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico é feito por meio do exame clínico, laboratorial e de imagem, como tomografia, ressonância magnética e exames para verificar a concentração de sódio, potássio, ACTH e cortisol no sangue. Em alguns casos, pode ser necessário realizar o teste de estimulação do ACTH, em que é dosada a concentração de cortisol antes e depois da aplicação da injeção de ACTH sintético. Veja como o exame do ACTH é feito e como se preparar para fazê-lo.

O diagnóstico da doença de Addison normalmente é feito em estágios mais avançados, pois o desgaste das glândulas adrenais ou suprarrenais ocorre de forma lenta, sendo difícil identificar os sintomas iniciais.

Possíveis causas

A doença de Addison normalmente é causada por doenças auto-imunes, em que o sistema imune passa a atacar o próprio organismo, podendo interferir na função das glândulas adrenais. No entanto, também pode ser causada por uso de medicações, por infecções fúngicas, vírus ou bactérias, como blastomicose, HIV e tuberculose, por exemplo, além de neoplasias.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a doença de Addison tem como objetivo repor a deficiência hormonal por meio de medicamentos, para que os sintomas desapareçam. Alguns desses medicamentos, incluem:

  • Cortisol ou hidrocortisona;
  • Fludrocortisona;
  • Prednisona;
  • Prednisolona;
  • Dexametasona.

O tratamento é realizado de acordo com a recomendação do endocrinologista e deve ser realizado por toda vida, já que a doença não tem cura, porém com o tratamento é possível controlar os sintomas. Além do tratamento com o uso de medicamentos, a dieta rica em sódio, cálcio e vitamina D, ajuda no combate aos sintomas, e deve ser indicada por um nutricionista.

Bibliografia >

  • NIH. Adrenal Insufficiency & Addison’s Disease. Disponível em: <https://www.niddk.nih.gov/health-information/endocrine-diseases/adrenal-insufficiency-addisons-disease>. Acesso em 14 Ago 2020
  • NHS. Addison's disease. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/addisons-disease/>. Acesso em 14 Ago 2020
  • SIMON, Chantal. et al.. Manual de clinica geral de Oxford. Porto Alegre: Artmed, 2013. p. 412-413.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem