Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

O que tomar para dor de garganta

A dor de garganta, cientificamente chamada de odinofagia, é um sintoma comum caracterizado por inflamação, irritação e dificuldade para engolir ou falar, que pode ser aliviada com o uso de analgésicos ou anti-inflamatórios.

A dor de garganta pode ser passageira e surgir durante uma gripe ou resfriado, por exemplo, ou pode ser persistente, o que acontece especialmente em pessoas que sofrem com amigdalites.

Quando além de vermelhidão na garganta, outros sintomas podem estar presentes, como aftas, inchaço ou amígdalas muito grandes e até mesmo pontinhos de pus, onde é aconselhado ir ao médico para que ele indique o tratamento adequado, que pode incluir antibióticos, além dos analgésicos e anti-inflamatórios. Saiba quais as causas mais comuns da dor de garganta.

O que tomar para dor de garganta

Remédios de farmácia

Os remédios para dor de garganta só devem ser tomados se forem recomendados pelo médico, pois o remédio indicado pode variar de acordo com a causa. Além disso, alguns remédios podem mascarar os sintomas, o que pode favorecer a progressão da doença responsável pela dor de garganta.

Os remédios normalmente indicados pelo médico tem como objetivo aliviar a dor e a inflamação, além de tratar a causa para solucionar a dor de forma eficaz. De forma geral, os principais remédios de farmácia que podem ser recomendados em caso de dor de garganta são:

1. Analgésicos

Medicamentos com ação analgésica, como o paracetamol ou a dipirona, são muitas vezes receitados pelo médico para aliviar a dor. Geralmente, o médico recomenda uma administração a cada 6 ou 8 horas no máximo, cuja dose depende da idade e do peso da pessoa.

2. Anti-inflamatórios

Além da ação analgésica, os anti-inflamatórios também ajudam a reduzir o inchaço, que é uma característica muito comum nas dores de garganta. Alguns exemplos de remédios com esta ação, são o ibuprofeno, o diclofenaco ou a nimesulida, que só devem ser usados se recomendados pelo médico e de preferência, após as refeições, de forma a reduzir os efeitos colaterais a nível gástrico. Geralmente, aquele que é mais prescrito pelos médicos é o ibuprofeno, que dependendo da dose, pode ser usado a cada 6, 8 ou 12 horas.

3. Antissépticos e analgésicos locais

Existem diferentes tipos de pastilhas que ajudam a aliviar a dor, irritação e inflamação da garganta, por terem na sua composição anestésicos locais, antissépticos e/ou anti-inflamatórios, como a Ciflogex, Strepsils e Neopiridin, por exemplo. Estas pastilhas podem ser usadas isoladamente ou associadas a um analgésico ou anti-inflamatório de ação sistêmica. Saiba como usar as pastilhas para garganta.

Remédios caseiros

Alguns remédios caseiros podem ser usados como forma de complementar o tratamento indicado pelo médico e ajudam a aliviar os sintomas de inflamação na garganta, como dor e desconforto. Algumas opções de remédios caseiros para dor de garganta são:

  • Fazer gargarejo de água morna com limão e uma pitada de sal, colocando em um copo água morna o suco de 1 limão e uma pitada de sal, gargarejando por 2 minutos, 2 vezes ao dia;
  • Fazer gargarejo com chá de cascas de romã, fervendo 6 g de cascas de romã com 150 mL de água;
  • Tomar um suco de acerola ou de laranja diariamente, pois estes são frutos ricos em vitamina C;
  • Aplicar 3 a 4 vezes por dia um spray de mel com própolis, que pode ser comprado na farmácia;
  • Tomar 1 colher de mel com 5 gotas de extrato de própolis por dia.

Confira no vídeo a seguir outras opções de remédios caseiros para inflamação na garganta:

Tratamento para dor de garganta na gravidez

Os medicamentos em geral não são aconselhados durante a gravidez e amamentação porque podem provocar complicações na gravidez e passar para o bebê pelo leite materno, por isso, nestes casos, deve-se consultar o médico antes de decidir tomar um remédio para a dor de garganta. O remédio mais seguro para tomar durante a gravidez para aliviar a dor é o paracetamol, porém, só deve ser tomado se recomendado pelo médico.

Além disso, a grávida pode optar por remédios caseiros, que são mais seguros, como é o caso do chá de limão e gengibre. Para fazer o chá, basta colocar 1 casca de 4 cm de 1 limão e 1 cm de gengibre em 1 xícara de água fervente e esperar cerca de 3 minutos. Depois deste tempo, adicionar 1 colher de chá de mel, deixar amornar e beber até 3 xícaras do chá por dia. Em alternativa, também se podem fazer gargarejos com água, limão e sal.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto:

Carregando
...