Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Falta de apetite: 5 principais causas e o que fazer

A falta de apetite normalmente não representa nenhum problema de saúde, até porque as necessidades nutricionais variam de pessoa para pessoa, assim como seus hábitos alimentares e estilo de vida, o que influencia diretamente o apetite.

No entanto, quando a falta de apetite é acompanhada por outros sintomas como a perda de peso rápida e diarreias, por exemplo, é importante procurar atendimento médico para que a causa da perda de apetite seja identificada e iniciado o tratamento adequado. 

Desta forma, é possível evitar possíveis complicações como alterações hormonais por falta de nutrientes e desnutrição. Entenda as consequências da desnutrição para saúde.

Falta de apetite: 5 principais causas e o que fazer

As principais causas para a falta de apetite podem ser: 

1. Problemas emocionais ou psicológicos 

A depressão e a ansiedade, por exemplo, podem diminuir o apetite da pessoa, podendo até mesmo resultar em perda de peso e problemas intestinais.

Além desses transtornos psicológicos, a anorexia é considerada umas das principais causas de perda de apetite, isso porque a pessoa se sente muito acima do peso e tem medo de comer, o que faz com que o apetite diminua. Entenda melhor o que é a anorexia e como tratá-la

O que fazer: a melhor opção é buscar ajuda de um psicólogo ou psiquiatra para que a depressão, ansiedade, anorexia ou outro problema psicológico seja identificado e tratado. Além disso, é importante que a pessoa faça acompanhamento com um nutricionista para que seja indicada uma dieta de acordo com as suas necessidades nutricionais.

2. Infecções

Boa parte das infecções, seja bacteriana, viral ou parasitária apresentam a falta de apetite e em alguns casos sintomas gastrointestinais como diarreia e dor abdominal, além de febre, enjoos e vômitos.

O que fazer: quando houver sintomas relacionados a doenças infecciosas, é importante ir ao infectologista ou clínico geral para que sejam feitos exames, identificando a causa da infecção e assim iniciado o tratamento mais adequado para o caso, que pode incluir o uso de antibióticos ou antivirais, por exemplo.

3. Doenças crônicas

Doenças crônicas como diabetes, insuficiência cardíaca, doença pulmonar obstrutiva crônica e câncer, podem apresentar como sintoma a perda de apetite. 

No caso do câncer especificamente, além da falta de apetite, há perda de peso rápida sem causa aparente e alterações na urina. Saiba como identificar outros sintomas de câncer.

O que fazer: é importante buscar orientação do clínico geral caso haja suspeita de qualquer doença crônica. Assim, é possível identificar a causa da perda do apetite e iniciar o tratamento adequado, evitando complicações e restabelecendo a vontade de comer e saúde da pessoa.

4. Uso de medicamentos

Alguns medicamentos como a fluoxetina, tramadol e o liraglutida  possuem como efeito colateral a diminuição do apetite, que costuma passar após a fase de adaptação do remédio, o que não é grave, a não ser que surjam outros sintomas que possam interferir na qualidade de vida da pessoa como alterações no sono e dores de cabeça, por exemplo.

O que fazer: caso a perda do apetite esteja relacionada ao uso de medicamentos e interfira nas atividades diárias, é importante que isso seja comunicado ao médico responsável pelo tratamento para avaliar a possibilidade de substituição do medicamento por outro que não tenha esse efeito colateral.

5. Abuso de drogas lícitas e ilícitas

O consumo em excesso de bebidas alcoólicas, cigarros e outras drogas também podem interferir no apetite reduzindo-o e até eliminando-o completamente, além de causar outras complicações para a saúde, como a dependência química e desenvolvimento de transtornos psicológicos. Saiba quais doenças estão relacionadas com o abuso de drogas

O que fazer: a melhor solução para esses casos é reduzir ou evitar o consumo destas substâncias, pois além de regularizar o apetite, evita doenças, como esteatose hepática, câncer de pulmão e depressão, por exemplo. 

Quando ir ao médico

Caso a falta de apetite esteja associada a outros sintomas, principalmente a perda de peso rápida, náusea, vômito, tontura e diarreia, é importante procurar atendimento médico, pois este quadro pode levar a uma desnutrição e desidratação grave. 

Para investigar a causa da falta de apetite o médico pode indicar a realização de exames como o hemograma completo, painel lipídico, nível de glicose no sangue e proteína C reativa (PCR) por exemplo.

Além disso, é  muito importante que a pessoa busque orientação de um nutricionista após o diagnóstico ter descartado doenças e infecções, para que por meio de uma avaliação nutricional completa, possam ser fornecidos os nutrientes necessários para a volta do bom funcionamento do organismo, que em alguns casos poderá indicar o uso de suplementos alimentares.

Bibliografia >

  • VITAM HORM . Cisplatin-induced anorexia and ghrelin. 2013. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23601430/>. Acesso em 23 Set 2020
  • BR J HOSP MED (LOND). Tramadol-related hypoglycaemia and tramadol-induced anorexia. 2015. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25853362/>. Acesso em 23 Set 2020
  • NEUROCHEM INT . Ghrelin agonists impact on Fos protein expression in brain areas related to food intake regulation in male C57BL/6 mice. 2011. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21843570/>. Acesso em 23 Set 2020
  • ANNU REV PHYSIOL . Three Pillars for the Neural Control of Appetite. 2017. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27912679/>. Acesso em 23 Set 2020
  • J CACHEXIA SARCOPENIA MUSCLE. Is there a genetic cause of appetite loss?—an explorative study in 1,853 cancer patients. 2012. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3424193/>. Acesso em 23 Set 2020
  • NHS. Unintentional weight loss. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/unintentional-weight-loss/>. Acesso em 23 Set 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem