Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Insônia na gravidez: 6 principais causas e o que fazer

A insônia na gravidez é uma situação comum que pode acontecer em qualquer período da gestação, sendo mais frequente no terceiro trimestre devido às alterações hormonais comuns da gestação e desenvolvimento do bebê. No primeiro trimestre de gravidez, a insônia é mais comum de acontecer devido à ansiedade relacionada com o início da gestação.

Para combater a insônia e dormir melhor, a mulher pode colocar um travesseiro entre as pernas para ficar mais confortável, evitar bebidas estimulantes após as 18h e dormir em um ambiente tranquilo e com pouca luz, por exemplo.

Insônia na gravidez: 6 principais causas e o que fazer

A insônia na gravidez é mais comum de acontecer entre o final do segundo trimestre e o terceiro trimestre de gravidez, podendo acontecer devido a diversos fatores, sendo os principais:

1. Alterações hormonais típicas da gravidez

Durante a gravidez há alteração nos níveis de hormônios, principalmente progesterona e estrogênio à medida que a gestação se desenvolve.

Durante esse período, o aumento dos níveis de progesterona no início da gravidez pode ter efeito sedativo sobre o sistema nervoso, o que pode fazer com que a mulher sinta mais sono durante esse período, no entanto é comum que esse sono não seja revigorante e seja muitas vezes interrompidos, isso porque esse hormônio também pode atuar nos músculos do sistema urinário, além de também estar relacionado com náuseas, o que pode fazer com que a mulher acorde várias vezes durante a noite.

Além disso, o aumento do estrogênio também pode estar associado com a insônia, isso porque esse hormônio possui efeito estimulante, o que pode fazer com que seja mais difícil adormecer, além de também poder fazer com que a mulher acorde mais vezes durante a noite e não consiga dormir em seguida.

2. Aumento da vontade de fazer xixi

A maior vontade para fazer xixi é uma das principais causas de insônia na gravidez e acontece devido ao fato de que à medida que o bebê desenvolve-se há mais pressão na bexiga, de forma que não é necessário tanto volume de urina para que fique cheia e exista a vontade de ir ao banheiro.

Além disso, o aumento da concentração de progesterona no sangue também pode atuar nos músculos do sistema urinário, resultando em mais idas ao banheiro. Dessa forma, a maior vontade para fazer xixi pode fazer com que a mulher se levante mais vezes durante a noite para ir ao banheiro, resultando na insônia.

3. Azia

A azia é também uma situação que pode estar relacionada com a insônia na gravidez e pode acontecer como consequência do aumento dos níveis de progesterona.

Esse hormônio pode atuar diminuindo o fluxo intestinal e relaxando o esfincter esofágico, o que pode fazer com que o ácido gástrico volte para o esôfago e garganta, levando ao aparecimento dos sintomas de azia, que podem ser bastante desconfortáveis. Saiba como identificar os sintomas de azia na gravidez.

4. Ansiedade ou estresse

A ansiedade e o estresse são situações comuns durante a gravidez, principalmente no primeiro trimestre, e podem também fazer com que ocorra a insônia, isso porque é muitas vezes difícil relaxar e descansar diante dessas situações, podendo o sono ser pouco revigorante e levando a mulher a acordar várias vezes durante a noite ou dormir poucas horas.

5. Tamanho da barriga

O tamanho da barriga, principalmente no final da gravidez, pode também causar insônia, isso porque é mais difícil encontrar uma posição confortável para dormir e que ajude a relaxar.

6. Braço ou perna adormecidos

É comum que durante a gravidez braços ou pernas fiquem adormecidos, sendo muitas vezes consequência da posição que a mulher dorme, podendo haver comprometimento da circulação sanguínea do local, fazendo com que fique dormente, o que pode ser desconfortável e fazer com que a mulher não consiga dormir.

Insônia na gravidez: 6 principais causas e o que fazer

Insônia na gravidez prejudica o bebê?

A insônia durante a gravidez não prejudica o desenvolvimento do bebê, no entanto estudos recentes demonstraram que a diminuição da qualidade do sono das gestantes podem aumentar o risco de parto prematuro. Isso seria devido ao fato de que devido à insônia haveria maior liberação de hormônios relacionados ao estresse a à inflamação, como o cortisol, por exemplo.

Dessa forma, caso a grávida tenha insônia, é importante consultar o obstetra e, em alguns casos, psicólogo para que consiga relaxar e ter uma noite de sono ideal. Além disso, é recomendado que a mulher tenha uma alimentação adequada e pratique atividade física conforme orientação do profissional de educação física e obstetra.

O que fazer para dormir melhor na gravidez

Para combater a insônia e dormir melhor, a mulher pode seguir algumas dicas que podem ajudar a relaxar mais facilmente e ter uma boa noite de sono, como por exemplo:

  • Ir dormir sempre à mesma hora, num quarto tranquilo;
  • Colocar um travesseiro entre as pernas para ficar mais confortável;
  • Tomar o chá de erva-cidreira e evitar café e outras bebidas estimulantes após às 18h. Veja uma lista dos chás que a grávida não pode tomar;
  • Evitar ambientes muito claros e barulhentos, como shoppings e centros comerciais à noite;
  • Se tiver dificuldades para dormir ou voltar a pegar no sono, fechar os olhos e concentrar-se somente na sua respiração.

O tratamento para insônia na gravidez pode ser feito também com medicamentos, mas eles só devem ser prescritos pelo obstetra. Confira outras dicas para solucionar a insônia na gravidez.

Veja essas e outras dicas para dormir melhor no vídeo a seguir:

Bibliografia >

  • FELDER, Jennifer N. Sleep Disorder Diagnosis During Pregnancy and Risk of Preterm Birth. Obstet Gynecol. Vol 130. 3 ed; 573-581, 2017
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem