Lúpus: o que é, tipos, causas e tratamento

O lúpus, também conhecido como lúpus eritematoso, é uma doença autoimune que faz com que as células de defesa ataquem as células saudáveis do corpo, o que pode provocar inflamação em várias partes do corpo, especialmente articulações, pele, olhos, rins, cérebro, coração e pulmões.

Geralmente, o lúpus é mais comum em mulheres jovens, entre os 14 e os 45 anos, e seus sintomas têm tendência a ir surgindo desde o nascimento. Porém, é comum que a doença só seja identificada vários anos depois dos primeiros sintomas, devido a uma crise de sintomas mais intensos após uma infecção, uso de algum medicamento ou, até, devido à exposição exagerada ao sol.

Embora o lúpus não tenha cura, existem alguns tratamentos, indicados pelo reumatologista, que ajudam a aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida da pessoa, podendo ser indicado o uso de remédios anti-inflamatórios, corticoides ou imunossupressores.

Lúpus: o que é, tipos, causas e tratamento

Principais sintomas

O lúpus pode afetar qualquer órgão ou parte do corpo e, por isso, os sintomas podem variar muito de uma pessoa para a outra. Ainda assim, alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Febre acima de 37,5ºC;
  • Manchas vermelhas na pele, especialmente no rosto e outros locais expostos ao sol;
  • Dor muscular e rigidez;
  • Dor e inchaço das articulações;
  • Queda de cabelo;
  • Sensibilidade à luz;
  • Cansaço excessivo.

Estes sintomas normalmente surgem em crises, ou seja, aparecem de forma intensa durante alguns dias ou semanas e depois voltam a desaparecer, mas também existem casos em que os sintomas se mantêm sempre de forma constante. Saiba mais sobre os sintomas do lúpus.

Dependendo do caso, os sintomas do lúpus podem acabar sendo semelhantes a outros problemas mais comuns, como diabetes e artrite, e por isso, é possível que o diagnóstico seja mais demorado, já que o médico precisa eliminar outras causas.

Possíveis causas do lúpus

O lúpus é uma doença autoimune que, normalmente, é causada por mutações genéticas que ocorrem durante o desenvolvimento do feto no útero e, por isso, não é uma doença contagiosa que possa ser transmitida.

No entanto, é possível nascer sem qualquer sintoma e só desenvolver sintomas durante a vida adulta, devido a fatores que podem estimular o aparecimento desses sintomas como exposição prolongada ao sol, infecções virais ou uso de alguns medicamentos.

Além disso, algumas pessoas também têm maior tendência para demonstrar os primeiros sintomas de lúpus durante fases da vida em que acontecem maiores alterações hormonais, como durante a puberdade, gravidez ou menopausa.

Lúpus: o que é, tipos, causas e tratamento

Tipos de lúpus

O lúpus pode ser classificado em 4 tipos principais de acordo com as características das lesões, sintomas e possível causa, sendo o tipo mais frequente o lúpus eritematoso sistêmico. Os principais tipos de lúpus são:

  • Lúpus eritematoso sistêmico (LES), em que há inflamação em várias partes e órgãos do corpo, especialmente pele, articulações, coração, rins e pulmões, provocando diferentes sintomas de acordo com os locais afetados;
  • Lúpus discoide ou cutâneo, em que são identificadas apenas lesões na pele, não atingindo outros órgãos. Porém, alguns pacientes com lúpus discoide, podem apresentar evolução da doença para lúpus sistêmico ao longo do tempo;
  • Lúpus induzido por medicamentos, que é mais comum em homens e acontece devido a uma inflamação temporária causada pelo uso prolongado de determinados remédios, como hidralazina, procainamida e isoniazida. Normalmente os sintomas desaparecem poucos meses após se terminar o uso do medicamento;
  • Lúpus neonatal, que é um dos tipos mais raros de lúpus, mas pode acontecer em bebês que nascem de mulheres com lúpus.

É importante que o tipo de lúpus seja identificado pelo reumatologista ou dermatologista para que possa ser iniciado o tratamento mais adequado.

O diagnóstico do tipo de lúpus é feito pelo médico inicialmente por meio da avaliação dos sinais e sintomas apresentados, histórico de saúde da pessoa e da família, além de exames de urina e sangue, principalmente o exame FAN. Em alguns casos, o médico pode indicar também a realização de exames de imagem para verificar a presença de lesões nos órgãos.

Lúpus: o que é, tipos, causas e tratamento

Como é feito o tratamento

O tratamento para lúpus deve ser indicado pelo médico de acordo com o tipo da doença, sintomas apresentados e frequência com que acontecem. Apesar de não existir um tratamento capaz de curar o lúpus, o médico pode indicar o uso de alguns remédios que ajudam a aliviar os sintomas durante os períodos de crise, podendo ser recomendado:

  • Remédios anti-inflamatórios, como Naproxeno ou Ibuprofeno: são usados principalmente quando o lúpus provoca sintomas como dor, inchaço ou febre;
  • Remédios antimaláricos, como a Cloroquina: ajudam a evitar o desenvolvimento dos sintomas da lúpus em alguns casos;
  • Remédios corticoides, como Prednisona ou Betametasona: reduzem a inflamação dos órgãos afetados;
  • Remédios imunossupressores: como Azatioprina ou Metotrexato, para diminuir a ação do sistema imune e aliviar os sintomas. Porém, este tipo de medicamentos apresenta efeitos secundários sérios como infecções recorrentes e aumento do risco de câncer e, por isso, só devem ser usados nos casos mais graves.

Além disso, é ainda importante ter sempre alguns cuidados para aliviar os sintomas, como passar protetor solar diariamente e ter hábitos de vida saudáveis. Veja mais sobre o tratamento para lúpus.

É também importante que a pessoa adote uma alimentação anti-inflamatória, pois dessa forma é possível prevenir o aparecimento dos sintomas e, até mesmo, diminuir a sua intensidade. Para isso, é recomendao aumentar o consumo de alimentos ricos em antioxidantes e ômega-3, como salmão, atum, chá verde, alho, cebola, brócolis, abacate e tomate, por exemplo. Confira mais detalhes da alimentação para o lúpus no vídeo a seguir:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • NHS. Lupus. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/lupus/>. Acesso em 03 Nov 2020
  • CDC. Lupus Basics. Disponível em: <https://www.cdc.gov/lupus/basics/index.html>. Acesso em 03 Nov 2020
  • LUPUS FOUNDATION OF AMERICA. What is lupus?. Disponível em: <https://www.lupus.org/resources/what-is-lupus>. Acesso em 03 Nov 2020
  • SCUTTI, Jorge Augusto B. Fundamentos da Imunologia. São Paulo: Rideel, 2016. 195-199.
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA. Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES). Disponível em: <https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/lupus-eritematoso-sistemico-les/>. Acesso em 11 Mai 2021
Mais sobre este assunto: