Narcisismo: o que é e características de uma pessoa narcisista

O narcisismo é um transtorno psicológico caracterizado por uma supervalorização de si próprio, necessidade de reconhecimento e desvalorização dos demais. Essas características podem ser consideradas normais e até mesmo esperadas em adolescentes e tendem a diminuir na vida adulta.

O transtorno narcisista de personalidade normalmente tem início nas primeiras etapas da vida adulta, sendo mais comum em homens que em mulheres. Pode acompanhar também outros transtornos, como anorexia ou consumo de substâncias ilícitas e, por isso, o seu círculo social, familiar, de trabalho e escolar podem ficar prejudicados.

O diagnóstico desse transtorno é feito pelo psiquiatra ou psicólogo com base nos sinais e sintomas apresentados pela pessoa e o tratamento é feito com psicoterapia, no entanto, em alguns casos, o médico pode indicar o uso de medicamentos para diminuir os sintomas de ansiedade ou depressão, por exemplo.

Narcisismo: o que é e características de uma pessoa narcisista

Principais características

A personalidade narcisista tem características que são chamadas de "egocêntricas", sendo as principais:

  • Sentimento de grandeza e prepotência;
  • Necessidade de atenção e admiração;
  • Falta de empatia;
  • Espera receber um tratamento especial privilegiado;
  • Inveja de outras pessoas ou acredita que as outras pessoas o inveja;
  • Atitudes arrogantes;
  • Má relação social, aproveitando-se de outras pessoas para benefício próprio;
  • Desvalorização do outro;
  • Preocupação constante com a beleza, poder e êxito.

As pessoas com transtorno narcisista tendem a ter uma auto-estima vulnerável, o que faz com que não recebam muito bem as críticas, já que são tidas como sendo agressões e, por isso, podem sentir-se humilhados e ter comportamento de raiva, podendo desafiar a outra pessoa. É possível que a pessoa com esse transtorno apresente um baixo rendimento de trabalho, já que evita situações em que já uma possível derrota e/ou que pode por em causa a sua grandiosidade.

Este transtorno pode ser acompanhado por outros como anorexia nervosa, abuso de substâncias ilícitas ou personalidade limítrofe, paranoica ou antissocial.

Como é feito o tratamento

O tratamento do transtorno narcisista de personalidade é realizado por meio de psicoterapia de conversão, que tem como objetivo melhorar a qualidade de vida da pessoa e promover o desenvolvimento de ferramentas para relacionar-se melhor nos diferentes aspectos de sua vida, como o reconhecimento das emoções dos outros, além de tolerância a frustração.

Em alguns casos, o psiquiatra pode indicar medicamentos, como antidepressivos ou ansiolíticos, para tratar os sintomas que surgem diante de uma situação de estresse, por exemplo, de forma a complementar a terapia psicológica.

Como conviver com o narcisismo

Normalmente as pessoas que sofrem com o transtorno de personalidade narcisista não sabem realmente o que se passa, consideram toda a situação completamente normal. No entanto, se amigos e familiares notarem a ocorrência de características típicas de uma pessoa narcisista, é importante que haja acompanhamento psicológico ou psiquiátrico, a depender das características manifestadas. 

As pessoas que convivem diariamente com narcisistas também devem ter acompanhamento psicológico, pois a desvalorização da sua personalidade pode ser tanta que pode desencadear um quadro de depressão. Saiba o que pode provocar a depressão.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: