Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta para anemia: alimentos permitidos e o que evitar (com cardápio)

Para combater a anemia, deve-se consumir alimentos ricos em proteína, ferro, ácido fólico e vitaminas do complexo B como carnes, ovos, peixes e espinafre. Esses nutrientes estimulam a produção de glóbulos vermelhas no sangue, que normalmente estão baixos quando se tem anemia.

Uma dieta normal contém cerca de 6 mg de ferro por cada 1000 calorias, o que garante uma quantidade diária de ferro entre 13 e 20 mg. Quando é identificado algum tipo de anemia, o ideal é procurar orientação de um nutricionista para que possa ser realizada uma avaliação completa e seja indicado um plano nutricional adaptado às necessidades e ao tipo de anemia que a pessoa possui.

Dieta para anemia: alimentos permitidos e o que evitar (com cardápio)

Alimentos que devem ser consumidos

Para combater anemia deve-se consumir alimentos ricos nos seguintes nutrientes:

1. Ferro

O consumo de alimentos ricos em ferro é de extrema importância nos casos de anemia ferropriva, já que esse mineral estimula a produção de glóbulos vermelhos no sangue.

Existem dois tipos de ferro, o heme, que é proveniente dos alimentos de origem animal como carne, frango, peixe, fígado, ovos e mariscos, e é melhor absorvido no organismo, e o ferro não heme que está presente nos alimentos fortificados com este mineral, frutas ou vegetais, como feijão, soja, lentilha, amendoim, beterraba e vegetais de cor verde escuro, como espinafre, brócolis e couve.

Estes alimentos devem ser incluídos na alimentação do dia a dia, de preferência junto com alimentos ricos em vitamina C, como laranja, abacaxi, morangos, kiwi e tangerina, por exemplo, pois assim é possível favorecer a sua absorção a nível intestinal. Veja uma lista completa dos alimentos ricos em ferro.

Além disso, alguns estudos indicam que o consumo de alimentos ricos em vitamina A também poderia melhorar a absorção de ferro, no entanto não necessário mais estudos que comprovem esse efeito.

2. Ácido Fólico

O ácido fólico é responsável por estimular a produção de células do sangue e a boa formação de hemoglobina, substância responsável por carregar oxigênio dentro dos glóbulos vermelhos. Este micronutriente pode ser encontrado em alimentos como espinafre, couve, fígado gérmen de trigo e ovos.

3. Vitamina B12

A deficiência em vitamina B12 pode causar anemia megaloblástica, que é caracterizada pelo aumento do tamanho dos glóbulos vermelhos e a diminuição dos glóbulos brancos e plaquetas, e pode ser evitada aumentando o consumo de alimentos como fígado, coração, carnes, ovos, leite e derivados.

Alimentos que devem ser evitados

Dieta para anemia: alimentos permitidos e o que evitar (com cardápio)

Durante o tratamento para anemia, deve-se evitar o consumo de alimentos ricos em cálcio juntos com as refeições ricas em ferro, pois o cálcio diminui a absorção de ferro no intestino. Assim, é importante evitar o consumo de leite e derivados principalmente no almoço e no jantar, quando normalmente se come carnes e outros alimentos ricos em ferro.

Além disso, também deve-se evitar o consumo de café, chá preto e chá mate na mesma refeição rica em ferro, pois eles são ricos em fitatos e taninos, substâncias que também reduzem a absorção de ferro no intestino. Veja mais 3 dicas para curar a anemia.

Cardápio para anemia

A tabela a seguir traz o exemplo de um cardápio de 3 dias da dieta para combater anemia:

RefeiçõesDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã

2 fatias de pão com 1 fatia de queijo branco, 2 rodelas de tomate e 1 folha de alface + 1 copo de suco de laranja natural
 

2 ovos mexidos com 1 pacotinho de bolache cream cracker + 1 suco natural de morango4 torradinhas com manteiga de amendoim + 1 tangerina
Lanche da manhã1 maçã + 10 unidades de amendoim10 unidades de castanha de cajuSuco de beterraba com laranja + 6 nozes
Almoço

1 bife grelhado com 1/2 xícara de arroz, 1/2 xícara de feijão preto e salada de alface, cenoura e pimentão, 1/2 xícara de morango de sobremesa

Peixe com batatas ao forno + salada de couve de bruxelas com cebola salteada com azeite de oliva + 1 laranja de sobremesa1 filé de fígado acebolado com 1/2 xícara de arroz + 1/2 xícara de feijão marrom + salada verde com beterraba + limonada

Lanche da tarde

Vitamina de abacate preparado com leite de amêndoas e 1 colher de sopa de aveiaIogurte natural com 30 gramas de granola sem açúcar1 sanduíche pequeno com queijo e 2 fatias de abacate + 1 copo de suco de limão
Jantar1 unidade de tortilha de milho com tiras de frango + alface e tomate e cubos + 1 colher de guacamole (preparado em casa) + 1 laranja média de sobremesa1 bife grelhado + 1/2 xícara de grão de bico + 1/2 xícara de arroz + 1/2 xícara de xícara de brócolis temperado com 1 colher de sopa de azeite de oliva + 1 kiwi médio de sobremesa1 filé de peixe grelhado + 1/2 xícara de espinafres cozidos e salteados com cebola, alho e azeite de oliva + 1/2 xícara de arroz + 1 fatia de mamão papaia

As quantidades incluídas no cardápio variam de acordo com a idade, gênero, prática de atividade física e se a pessoa possui alguma doença associada e, por isso, o ideal é que o nutricionista seja consultado para que seja realizada uma avaliação completa e seja elaborado um plano nutricional de acordo com as necessidades da pessoa.

Além da alimentação, o médico ou o nutricionista pode considerar a necessidade de realizar suplementação de ferro e de outros micronutrientes como vitamina B12 ou ácido fólico, dependendo do tipo de anemia. Veja 4 receitas para curar anemia.

Veja outras dicas de alimentação no vídeo a seguir para anemia:

Bibliografia >

  • COZZOLINO Silvia. Biodisponibilidade de nutrientes. 4º. Brasil: Manole Ltda, 2012. 645-669.
  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR. Composição de Alimentos. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/search>. Acesso em 21 Mar 2019
  • SANTOYO A; APONTE J et al. Dietary recommendations in patients with deficiency anaemia. Revista Médica del Hospital General de México. 78. 3; 144-150 , 2015
  • BORTOLINI, Gisele A.; FISBERG, Mauro. Orientação nutricional do paciente com deficiência de ferro. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. vol.32(2) . 105-113,
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS – UNICAMP . Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. 2011. Disponível em: <http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em 21 Mar 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem