Nistatina + óxido de zinco: para que serve e como usar

A nistatina + óxido de zinco é um remédio com ação antifúngica, anti-inflamatória, cicatrizante e protetora da pele, podendo ser indicado pelo médico no tratamento de queimaduras, eczema, impetigo e psoríase.

Além disso a nistatina e o óxido de zinco são capazes de inibir o crescimento do fungo Candida albicans, que pode causar infecções na pele da parte interna das coxas, entre os dedos ou nas dobras da pele, como axilas, abaixo dos seios e virilha, e causar assaduras em bebês, por exemplo.

Esse remédio pode ser comprado na forma de pomadas para uso dermatológico, em farmácias ou drogarias com o nome comercial Dermodex ou na forma de genérico como nistatina e óxido de zinco e deve ser usada com orientação médica.

Nistatina + óxido de zinco: para que serve e como usar

Para que serve 

A pomada de nistatina + óxido de zinco é indicada para o tratamento de queimaduras leves, assaduras causadas pelo uso de fraldas, eczema, impetigo, psoríase, escoriação ou irritação leve da pele na região genital, nádegas, entre os dedos, axilas, sob os seios. Além disso, pode ser indicado no tratamento de infecção por Candida albicans na pele.

Nistatina + óxido de zinco ajuda a cicatrizar espinhas?

A pomada de nistatina + óxido de zinco possui propriedade anti-inflamatória, antisséptica e secante, ajudando a cicatrizar as espinhas e prevenir o aparecimento de outras, já que limita o desenvolvimento de bactérias nocivas na pele.

Como usar

A pomada de nistatina + óxido de zinco deve ser usada sobre a pele, aplicando uma camada da pomada na região afetada da pele, a cada troca de fraldas ou de 2 ou mais vezes por dia para irritação em outras áreas da pele afetada.

Não é necessário que, ao passar a pomada, toda a região fique muito branca, basta que se observe que a pomada cobriu toda a região desejada, protegendo a pele.

Antes de usar a pomada, é recomendado lavar a região afetada com água e sabão neutro e secar bem a pele.

Possíveis efeitos colaterais 

Embora sejam raros, a pomada de nistatina com óxido de zinco pode causar reações alérgicas com sintomas como irritação local, coceira, vermelhidão ou sensação de queimação na pele, sendo recomendado interromper o uso e procurar ajuda médica.

Quem não deve usar

A pomada de nistatina e óxido de zinco não deve ser usada por pessoas que têm alergia à nistatina, ao óxido de zinco ou qualquer outro componente da fórmula.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • GUPTA, M.; et al. Zinc therapy in dermatology: a review. Dermatol Res Pract. 2014. 709152, 2014
  • TAUDORF, E. H.; et al. Cutaneous candidiasis - an evidence-based review of topical and systemic treatments to inform clinical practice. J Eur Acad Dermatol Venereol. 33. 10; 1863-1873, 2019
  • DRUGS.COM. Nystatin topical. 2020. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/nystatin-topical.html>. Acesso em 27 Ago 2021
  • NEOQUIMICA. Nistatina + oxido de zinco. Disponível em: <http://200.199.142.163:8002/FOTOS_TRATADAS_SITE_14-03-2016/bulas/12126.pdf>. Acesso em 27 Ago 2021
  • BRISTOL-MYERS SQUIBB. Dermodex. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/dermodex.pdf>. Acesso em 27 Ago 2021
Mais sobre este assunto: