Primeiros socorros para AVC

O AVC, chamado acidente vascular cerebral, é uma condição em que ocorre redução ou interrupção do fornecimento de sangue para o cérebro devido a um entupimento ou rompimento de uma artéria cerebral, levando a sintomas como dor de cabeça súbita e intensa, perda da força ou dos movimentos de um lado do corpo, dificuldade para falar, confusão mental ou desmaio. Saiba identificar todos os sintomas do AVC.  

Na presença desses sintomas é importante iniciar os primeiros socorros o mais rápido possível:

  1. Manter a calma, acalmando também a pessoa com suspeita de AVC;
  2. Chamar uma ambulância, ligando para o número 192, informando os sintomas da pessoa, o local do ocorrido, número de telefone de contato e explicar o que aconteceu;
  3. Deitar a pessoa de lado, com a cabeça ligeiramente elevada e apoiada, para evitar que a língua obstrua a garganta ou que a pessoa se engasgue caso desmaie e vomite;
  4. Cobrir com um cobertor, se possível, para manter a pessoa aquecida;
  5. Não dar comida ou bebida para a pessoa, para evitar engasgos;
  6. Identificar as queixas da pessoa, tentando saber se tem alguma doença ou se faz uso de medicamentos;
  7. Aguardar pelo socorro, observando se a pessoa está consciente;
  8. Se a pessoa ficar inconsciente e parar de respirar, é importante:
  • Iniciar as massagens cardíacas, apoiando uma mão sobre a outra, mantendo os braços esticados e utilizando o peso do próprio corpo. O ideal é fazer 100 a 120 compressões por minuto;
  • Fazer 2 respirações boca-a-boca, com máscara de bolso, a cada 30 massagens cardíacas;
  • É preciso manter as manobras de reanimação, até que chegue a ambulância.

No caso em que as massagens cardíacas são necessárias é importante ter atenção à maneira correta de realizar as compressões. Saiba como fazer a massagem cardíaca corretamente.

É sempre importante que a pessoa seja socorrida imediatamente para evitar sequelas graves, como paralisia ou perda do movimento de músculos, dificuldade para falar ou engolir, ou problemas de memória, por exemplo.

Como saber se é AVC

Para conseguir identificar se uma pessoa está tendo um AVC pode-se pedir para:

  • Sorrir: neste caso, a pessoa pode apresentar a face ou apenas a boca torta, sendo que um dos lados do lábio permanece caído;
  • Levantar um braço: é comum que a pessoa com AVC não consiga levantar o braço devido à falta de força, parecendo que está transportando algo muito pesado;
  • Dizer uma frase pequena: no caso de um AVC, a pessoa apresenta fala arrastada, imperceptível ou ter um tom de voz muito baixo. Por exemplo, pode-se pedir para repetir a frase: "O céu é azul" ou pedir para dizer uma frase de uma música.

Se a pessoa apresentar alguma alteração após dar estas ordens é possível que tenha tido um AVC. Além disso, a pessoa pode apresentar outros sintomas como dormência de um lado do corpo, dificuldade em ficar em pé, podendo mesmo cair devido à falta de força dos músculos e pode urinar na roupa, sem nem perceber.

Em alguns casos, a pessoa pode apresentar confusão mental, não compreendendo ordens muito simples como abrir os olhos ou pegar numa caneta, além de poder ter dificuldade em enxergar e ter dor de cabeça muito forte. Saiba como identificar 12 sintomas do AVC.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de rotinas para atenção ao AVC. 2013. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_rotinas_para_atencao_avc.pdf>. Acesso em 02 Ago 2021
  • FUNDAÇÃO PORTUGUESA DE CARDIOLOGIA. Acidente Vascular Cerebral. 2014. Disponível em: <https://www.bombeiros.pt/wp-content/uploads/2014/10/acidentevascularcerebral1.pdf>. Acesso em 02 Ago 2021
  • INEM. Emergências médicas. 2012. Disponível em: <https://www.inem.pt/wp-content/uploads/2017/06/Emerg%C3%AAncias-M%C3%A9dicas.pdf>. Acesso em 02 Ago 2021
  • BAPTISTA, Nelson T. Manual de primeiros socorros. 3.ed. Sintra: Escola Nacional de Bombeiros, 2018. 159-174.
  • SAMU 192. Protocolos de Suporte Básico de Vida. 2016. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolo_suporte_basico_vida.pdf>. Acesso em 02 Ago 2021
Mais sobre este assunto: