Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quem tem endometriose pode engravidar?

Mulheres que foram diagnosticadas com endometriose podem engravidar, porém possuem apenas cerca de 5 a 10% de chances, devido a diminuição da fertilidade. Isso acontece porque, na endometriose, o tecido que reveste o útero se espalha pela cavidade abdominal, podendo causar obstruções e inflamações em diversos tecidos e órgãos do sistema reprodutor, o que podem impedir que os óvulos maduros cheguem às trompas, além de possivelmente danificar o óvulo e os espermatozoides.

Normalmente o tratamento para a endometriose é orientando pelo ginecologista e obstetra, e é feito com o uso de remédios hormonais. No entanto, para as mulheres que desejam engravidar, a cirurgia geralmente é a primeira opção, já que tem como objetivo retirar o tecido endometrial alojado nos órgãos reprodutores, facilitando assim o processo de engravidar.

Quem tem endometriose pode engravidar?

Como deve ser o tratamento para engravidar

Antes de iniciar o tratamento, é realizado um exame de ultrassom ou de ressonância magnética para que o ginecologista consiga saber onde está o foco de tecido endometrial fora do útero, bem como seu tamanho e profundidade.

Dependo de quais os órgãos do sistema reprodutor que foram afetados, pode ser indicado a laparoscopia, um pequeno procedimento cirúrgico que vai retirar o máximo de tecido endometrial possível, desobstruindo as vias e reduzindo a inflamação. Ainda pode ser indicado o uso do remédio acetato de gosserrelina, chamado também de zoladex, que é um inibidor sintético dos hormônios testosterona e estrógeno, que ajudam a reduzir a progressão da doença.  

Além disso, para garantir a maior taxa de sucesso da gravidez, o médico também pode recomendar que o parceiro faça o teste de espermograma, também chamado de viabilidade espermática, onde é verificado se os espermatozoides estão em boa qualidade e se possuem boa velocidade, o que é fundamental para a fertilização do óvulo. Entenda como o espermograma é feito e o que significa os resultados.

Quanto tempo demora para engravidar 

Não é possível saber em quanto tempo exatamente a mulher vai conseguir engravidar após o tratamento e a aprovação segura do ginecologista, pois outros fatores também podem ser essenciais como a idade, número de filhos, tempo de diagnóstico da endometriose e classificação da doença. Normalmente, as que conseguem engravidar com mais facilidade são as mulheres mais jovens e com diagnóstico recente de endometriose leve.

Como aumentar as chances de engravidar 

Além do tratamento recomendado pelo ginecologista e obstetra, para aumentar as chances de engravidar quando se possui endometriose, existem alguns cuidados importantes como:

1. Reduzir a ansiedade 

Quem tem endometriose pode engravidar?

Os níveis de ansiedade costumam aumentar quando se está tentando iniciar uma gravidez, o que pode acabar atrasando esse processo, já que hormônios associados a ansiedade, como o cortisol por exemplo, podem desregular outros hormônios responsáveis pela concepção, além de reduzir a libido. Confira 7 dicas para controlar a ansiedade e nervosismo

2. Saber quando é o período fértil 

Quem tem endometriose pode engravidar?

Para aumentar as chances de engravidar, principalmente quando se tem endometriose, é importante que o casal saiba melhor como funciona o período fértil, especialmente o dia em que ocorre a ovulação, para que assim possam se programar de forma adequada, aumentando as chances de fertilização do óvulo. Veja como calcular o período fértil com a calculadora online

3. Consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais 

Quem tem endometriose pode engravidar?

A alimentação rica em vitamina E, ácidos graxos, zinco, ferro, vitamina B6 e ômega 3 é importante para a manutenção dos hormônios responsáveis pela ovulação e pela boa qualidade os óvulos e espermatozoides, o que pode reduzir o tempo de espera até a gravidez. Saiba quais alimentos devem estar na dieta para engravidar.

Neste vídeo a nutricionista Tatiana Zanin dá outras dicas de como aumentar as chances para engravidar, introduzindo os alimentos essenciais para reduzir essa espera: 

Bibliografia >

  • FEMINA. Taxas de gravidez após cirurgia de endometriose profunda. 2016. Disponível em: <http://docs.bvsalud.org/biblioref/2020/02/1050872/femina-2016-444-262-264.pdf>. Acesso em 06 Out 2020
  • PSICOLOGIA, SAÚDE & DOENÇAS. A vivência de infertilidade e endometriose: pontos de atenção para profissionais de saúde. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-00862010000200004>. Acesso em 06 Out 2020
  • SCIELO. Aspectos atuais do diagnóstico e tratamento da endometriose. 2010. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/rbgo/v32n6/v32n6a08.pdf>. Acesso em 06 Out 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem