9 remédios caseiros para úlcera no estômago

Outubro 2021

Os remédios caseiros para úlcera no estômago, como o suco de batata, o chá de espinheira santa ou a infusão de alteia, são ótimas opções naturais para aliviar os sintomas da úlcera, como dor ou sensação de queimação no estômago, náuseas ou vômitos. Isso porque estes remédios possuem substâncias com propriedades anti-inflamatórias, antiácidas e antieméticas, que ajudam a diminuir a inflamação, a acidez e a proteger a mucosa do estômago.

Embora não sirvam para substituir o tratamento médico, os remédios caseiros são uma boa opção para ajudar a aliviar os sintomas da úlcera no estômago, podendo ser usados para complementar o tratamento indicado pelo médico.

9 remédios caseiros para úlcera no estômago

Algumas opções de remédios caseiros para úlcera no estômago são:

1. Suco de batata

Um ótimo remédio caseiro para úlcera, é tomar o suco puro da batata em jejum pois é capaz de diminuir a quantidade de ácido no estômago, ajudando no processo de cicatrização das úlceras e a aliviar os sintomas como dor, queimação e azia.

Além disso, o suco de batata é indicado para auxiliar no tratamento de outros problemas gástricos como má digestão, gastrite ou refluxo gastroesofágico.

Ingredientes

  • 1 batata inglesa crua;
  • Água (100 a 200 mL).

Modo de preparo

Descascar a batata crua e colocar no processador, liquidificador, centrífuga ou mixer, e bater. Adicionar um pouco de água, para o suco ficar mais líquido e mais fácil de beber. Em seguida, coar e beber o suco de batata, preparado na hora, 30 minutos antes do café da manhã, sem adoçar.

Caso não se tenha processador de alimentos ou liquidificador, por exemplo, pode-se ralar a batata e espremê-la dentro de um pano limpo, obtendo o suco concentrado.

O suco de batata deve ser usado com precaução por pessoas diabéticas, pois pode aumentar a quantidade de açúcar no sangue e causar um descontrole da glicemia.

2. Chá de espinheira-santa

O chá de espinheira-santa, preparado com a planta medicinal Maytenus ilicifolia, é rico em taninos, como a epigalocatequina, e polissacarídeo, como o arabinogalactano, que ajudam a diminuir a acidez estomacal e a proteger o estômago do próprio ácido que produz, podendo ser usada para ajudar a aliviar os sintomas da úlcera gástrica como dor ou sensação de queimação no estômago.

Alguns estudos mostram que o chá de espinheira-santa tem efeito semelhante à cimetidina, que é um medicamento utilizado para reduzir a produção de ácido pelo estômago. Conheça os benefícios da espinheira-santa.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de folhas secas de espinheira-santa;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas de espinheira santa à água fervente, tampar e deixar repousar por cerca de 10 minutos. Coar e tomar morno, até 3 vezes ao dias, 30 minutos antes das refeições.

3. Chá de gengibre

O chá de gengibre contém gingerol, chogaol e zingerona, que são substâncias com propriedades anti-inflamatórias e antieméticas, que ajudam a aliviar a inflamação do estômago e diminuir a acidez estomacal, reduzindo os sintomas de úlcera gástrica como sensação de queimação no estômago, náuseas ou vômitos. Conheça outros benefícios do gengibre.

Este chá não deve ser tomado por pessoas que têm sangramento ativo no estômago causado pela úlcera, ou por pessoas que estejam utilizando medicamentos anticoagulantes, pois o gengibre possui propriedades anticoagulantes que podem causar ou aumentar o risco de sangramento e hemorragia.

Ingredientes

  • 1 cm da raiz de gengibre cortada em rodela ou ralada;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e adicionar o gengibre. Deixar ferver por 5 a 10 minutos. Retirar o gengibre da xícara e beber o chá em 3 a 4 doses divididas ao longo do dia, 20 minutos antes da refeição.

Outra opção para fazer o chá é substituir a raiz por 1 colher de chá de gengibre em pó.

4. Chá de alcaçuz

O chá de alcaçuz possui glicirrizina na sua composição que é uma substância que ajuda a reduzir a acidez e proteger a mucosa do estômago, podendo ser muito útil como remédio caseiro para úlcera gástrica e para aliviar a sensação de queimação no estômago. Além disso, o alcaçuz pode ajudar no combate à bactéria Helicobacter pylori, por diminuir sua adesão nas células do estômago.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de raiz de alcaçuz;
  • 1 xícara de água fervente;
  • Mel para adoçar a gosto.

Modo de preparo

Adicionar o alcaçuz na xícara com água fervente, tampar e deixar repousar por 10 minutos. Coar e adoçar com mel se desejar. Beber este chá até 2 vezes ao dia.

O chá de alcaçuz não deve ser consumido por mulheres grávidas ou em amamentação e por pessoas com problemas cardíacos.

5. Feno grego

O feno grego é uma planta medicinal da espécie Trigonella foenum-graecum, cujas sementes possuem propriedades anti-inflamatórias e antiulcerosas, que podem ajudar a diminuir a acidez do estômago, sendo uma boa opção de remédio caseiro para úlcera.

Além disso, alguns estudos mostram que o chá de feno grego tem efeito semelhante ao omeprazol, que é um medicamento utilizado para reduzir a produção de ácido pelo estômago. No entanto, esse estudo foi feito em ratos, sendo necessário mais estudos que comprovem esse benefício. Veja outros benefícios do feno grego para a saúde.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de sementes de feno grego;
  • 2 xícaras de água.

Modo de preparo

Ferver os ingredientes por 5 a 10 minutos. Em seguida coar beber quando estiver morno cerca de 3 vezes por dia.

O chá de feno-grego não deve ser usado por mulheres grávidas, pois pode estimular as contrações uterinas e induzir o parto. Essa planta também não deve ser usada por crianças, ou por pessoas em tratamento de câncer sensíveis a hormônios como câncer de mama ou próstata, por exemplo.

6. Chá de aroeira

O chá de aroeira, preparado com a casca da planta medicinal Schinus terebinthifolius, possui propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antiácidas, sendo útil para aliviar os sintomas de úlcera gástrica , por diminuir a acidez do estômago.

Ingredientes

  • 3 a 4 pedaços de casca de aroeira ou 100 g de pó da casca da aroeira;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Ferver os ingredientes por cerca de 10 minutos, deixar amornar, coar e beber 1 colher de sopa do chá, até 3 vezes por dia.

O chá de aroeira não deve ser usado por crianças ou por mulheres grávidas. Além disso, quando usado em quantidades maiores do que as recomendadas pode causar diarréia devido ao seu efeito laxante, e também pode causar reações alérgicas.

7. Chá de hortelã-pimenta

O chá de hortelã-pimenta, de nome científico Mentha piperita L., é rico em óleos voláteis como mentol e mentona, que possuem propriedades anti-inflamatórias, antiespasmódicas, calmantes e analgésicas, que ajudam a aliviar a dor no estômago, e a diminuir outros sintomas da úlcera gástrica, como náuseas ou vômitos.

Ingredientes

  • 6 folhas picadas de hortelã-pimenta;
  • 150 mL de água fervente.

Modo de preparo

Numa xícara adicionar a água sobre as folhas picadas de hortelã-pimenta, tampar e deixar repousar por 5 a 7 minutos. Coar, adoçar com mel se desejar, e tomar 3 a 4 xícaras por dia, logo após as refeições.

8. Infusão de alteia

A infusão de alteia, também conhecida como malva-branca ou malvaísco, deve ser preparada utilizando a raiz da planta medicinal Althaea officinalis. Esta planta tem efeito emoliente, anti-inflamatório, suavizante, calmante e protetor do estômago, sendo outra excelente opção de remédio caseiro para úlcera gástrica.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de raiz de alteia;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar a raiz de alteia na xícara com água fervente e deixar descansar por 10 minutos. Coar e beber em seguida, até 2 xícaras por dia.

9. Suco de melancia

O suco de melancia é uma excelente opção de remédio caseiro para úlcera gástrica porque a melancia é rica em magnésio, que é um dos componentes dos medicamentos antiácidos, o que ajuda a diminuir a acidez do estômago e reduzir os sintomas da úlcera.

Ingredientes

  • 3 fatias médias de melancia.

Modo de preparo

Bater a melancia no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Beber o suco 2 vezes por dia.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • TABACH, Ricardo; DUARTE-ALMEIDA, Joaquim M.; CARLINI, E.A. Pharmacological and Toxicological Study of Maytenus ilicifolia Leaf Extract Part II-Clinical Study (Phase I). Phytother Res. Vol.31, n.6. 921-926, 2017
  • JORGE, R. M.; et al. Evaluation of antinociceptive, anti-inflammatory and antiulcerogenic activities of Maytenus ilicifolia. J Ethnopharmacol. 94. 1; 93-100, 2004
  • CHRUBASIK, S.; et al. Efficacy and tolerability of potato juice in dyspeptic patients: a pilot stud. Phytomedicine. 13. 1-2; 11-15, 2006
  • HOSSEINZADEH, Hossein; NASSIRI-ASL, Marjan. Pharmacological Effects of Glycyrrhiza spp. and Its Bioactive Constituents: Update and Review. Phytother. Res. Vol.29. 1868–1886, 2015
  • PERTZ, Heinz H.; et al. Effects of ginger constituents on the gastrointestinal tract: role of cholinergic M3 and serotonergic 5-HT3 and 5-HT4 receptors. Planta Med. 77. 10; 973-978, 2011
  • CHANDRASHEKAR, K. B.; DHARMESH, S. M. Gastro protective and H+, K+-ATPase/H. pylori inhibitory properties of pectic polysaccharides from potato. International Journal of Biological Macromolecules. 84. 385-393, 2016
  • DUTRA, Rafael C.; et al. Medicinal plants in Brazil: pharmacological studies, drug discovery, challenges and perspectives. Pharmacological Research. 112. 4-29, 2016
  • RAHNAMA, Marjan; et al. The healing effect of licorice (Glycyrrhiza glabra) on Helicobacter pylori infected peptic ulcers. J Res Med Sci. 18. 6; 532–533, 2013
  • HOSSEINZADEH, Hossein; NASSIRI-ASL, Marjan. Pharmacological Effects of Glycyrrhiza spp. and Its Bioactive Constituents: Update and Review. Phytother. Res. Vol.29. 1868–1886, 2015
  • PANDIAN, R. Suja; et al. Gastroprotective effect of fenugreek seeds (Trigonella foenum graecum) on experimental gastric ulcer in rats. J Ethnopharmacol. 81. 3; 393-7, 2002
  • YADAV, U. C. S.; BAQUER, N. Z. Pharmacological effects of Trigonella foenum-graecum L. in health and disease. Pharmaceutical Biology. 52. 2; 243-254, 2014
  • YADAV, Rashmi; KAUSHIK, Rahul; GUPTA, Dipeeka. The health benefits of Trigonella foenum-graecum: A review. International Journal of Engineering Research and Applications (IJERA). 1. 1; 32-35, 2011
  • Patocka Jiri et al. Brazilian Pepper Tree: review of pharmacology. Military Medical Science Letters. 86. 1; 32-41, 2017
  • ZANGENEH, M. M.; et al. Antiulcer activity of aqueous extract of leaves of Mentha piperita in Wistar rats. Comparative Clinical Pathology. 1-8, 2018
  • ZAGHLOOL, Sameh S.; et al. Gastro-Protective and Anti-Oxidant Potential of Althaea officinalis and Solanum nigrum on Pyloric Ligation/Indomethacin-Induced Ulceration in Rats. Antioxidants (Basel). 8. 11; 512, 2019
  • DETERS, Alexandra; et al. Aqueous extracts and polysaccharides from Marshmallow roots (Althea officinalis L.): Cellular internalisation and stimulation of cell physiology of human epithelial cells in vitroAlexandra Deters. Journal of Ethnopharmacology. 127. 62–69, 2010
  • SHARMA, S.; et al. Gastroprotective activity of reconstituted red fruit pulp concentrate of Citrullus lanatus in rats. Anc Sci Life. 34. 2; 103-8, 2014
Mais sobre este assunto: