Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais remédios para tratar a asma

Os medicamentos usados para o tratamento da asma vão depender de diversos fatores, como a idade, sintomas apresentados e frequência com que surgem, história de saúde, gravidade da doença e intensidade das crises.

Além disso, existem medicamentos que são usados diariamente, para controlar a doença e evitar as crises, melhorando a qualidade de vida, enquanto outros são indicados apenas em situações agudas, para alívio imediato das crises.

Principais remédios para tratar a asma

Remédios para controlar a asma

Estes medicamentos estão indicados para controlar a asma a longo prazo, e prevenir crises, devendo ser tomados diariamente:

1. Broncodilatadores inalatórios de ação longa

Os broncodilatadores são remédios que dilatam os brônquios dos pulmões facilitando a entrada de ar. Para o tratamento a longo prazo, aqueles que são indicados são os broncodilatadores de ação longa, que exercem um efeito por cerca de 12 horas.

Alguns exemplos de broncodilatadores inalatórios de ação prolongada são o salmeterol e o formoterol, que devem ser usados em associação a um corticoide. Estes remédios não devem ser usados durante uma crise de asma.

2. Corticoides inalatórios

Os corticoides têm uma ação anti-inflamatória, que reduz a inflamação crônica presente nos pulmões do asmático. Estes devem ser usados diariamente para o controle da asma e prevenção da crise asmática.

Alguns exemplos de corticoides inalatórios são a beclometasona, fluticasona, budesonida e mometasona, que devem ser associados a um broncodilatador inalatório, como os supra referidos. Geralmente, o médico indica o uso de um remédio inalatório, conhecido popularmente como 'bombinha' da asma, que contém um broncodilatador e um corticoide inalatório, o que facilita o tratamento e o controle da doença. Veja o passo a passo de como usar a bombinha da asma corretamente.

3. Bloqueadores dos leucotrienos

Em alguns casos, o médico também pode receitar um bloqueador dos leucotrienos, que agem impedindo o estreitamento e inchaço das vias respiratórias dos pulmões, causado pelos leucotrienos.

Alguns exemplos destes remédios são o montelucaste e o zafirlucaste, que devem ser administrados em forma de comprimidos ou comprimidos mastigáveis.

4. Xantinas

A teofilina é uma xantina com ação broncodilatadora, que embora hoje em dia não seja muito usada, também pode ser indicada para o tratamento de manutenção da asma, já que contribui para o relaxamento dos músculos das vias respiratória.

Remédios para tratar crises de asma

Os remédios indicados para tratar as crises de asma, apenas devem ser usados no momento em que surge a crise ou antes de fazer esforços, que impliquem aumento da frequência respiratória, caso assim o médico o recomende.

1. Broncodilatadores inalatórios de ação curta

Os broncodilatadores são remédios que dilatam os brônquios dos pulmões facilitando a entrada de ar. Para o tratamento das crises, aqueles que são indicados são os broncodilatadores de ação curta, que agem em poucos minutos e exercem um efeito por cerca de 4 a 6 horas.

Alguns exemplos de broncodilatadores inalatórios de ação curta são o salbutamol e o fenoterol.

2. Corticoides de ação sistêmica

Caso ocorra uma crise de asma, pode ser necessário administrar corticoides de ação sistêmica, por via oral ou intravenosa, como é o caso da prednisona e da metilprednisolona. Estes remédios não devem ser usados por tempo prolongado para o tratamento da asma.

Remédios para Asma na Gravidez

Geralmente, os remédios para asma na gravidez são os mesmos que a mulher já usava antes de engravidar. Porém, antes de continuar o tratamento, a mulher deve falar com o médico, já que há medicamentos que podem ser mais seguros na gravidez.

O uso excessivo de remédios deve ser evitado durante a gravidez e, por isso, é recomendado evitar fatores que exacerbem a doença e aumentem o risco da ocorrência de crises, como o contato com pólen, poeira, cães e gatos, perfumes e aromas intensos.

Assista ainda o vídeo seguinte e confira o que comer para ajudar a controlar a asma:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem