6 principais remédios para cistite

Os remédios para cistite, como antibióticos, anti-inflamatórios ou analgésicos, ajudam a tratar e aliviar os sintomas da cistite como dor, vontade frequente de urinar, sensação de peso na bexiga, urina turva com cheiro intenso e desagradável ou febre, por exemplo. 

O tratamento da cistite com remédios deve ser orientado pelo urologista ou clínico geral, de acordo com o tipo de cistite, que pode ser aguda, cujos sintomas aparecem repentinamente, ou intersticial, que é a cistite crônica e de longa duração. 

A cistite é um tipo de infecção urinária que surge quando as bactérias chegam à bexiga, sendo causada principalmente pela E. coli, que faz parte da flora intestinal e pode se deslocar até a uretra e, posteriormente, bexiga, causando infecção. Veja como identificar a infecção urinária. 

6 principais remédios para cistite

Os principais remédios indicados para o tratamento da cistite são:

1. Antibióticos

Os antibióticos correspondem à primeira linha de tratamento para cistite, devendo ser indicados pelo médico de acordo com a bactéria responsável pela infecção. Esses medicamentos devem ser usados de acordo com a orientação médica, sendo os mais comuns:

  • Fosfomicina (Monuril), cuja posologia geralmente recomendada é de 1 sachê de 8g em dose única ou a cada 24 horas, durante 2 dias, que deve ser tomada preferencialmente à noite, antes de deitar e com o estômago e a bexiga vazia;r;
  • Nitrofurantoína (Macrodantina), cuja posologia geralmente recomendada é de 1 cápsula de 100 mg, a cada 6 horas, durante 7 a 10 dias;
  • Sulfametoxazol + trimetoprima (Bactrim ou Bactrim F), cuja posologia que normalmente é recomendada é de 1 comprimido de Bactrim F ou 2 comprimidos de Bactrim, a cada 12 horas, no mínimo 5 dias, conforme orientação médica;
  • Fluoroquinolonas, como ciprofloxacino ou levofloxacino, cuja posologia depende do remédio que o médico receitar;
  • Penicilina ou derivados, como é o caso das cefalosporinas, como a cefalexina ou ceftriaxona, cuja posologia também varia de acordo com o medicamento prescrito.

Geralmente, os sintomas de cistite desaparecem em poucos dias de tratamento, no entanto, é importante que a pessoa tome o antibiótico durante o tempo que foi determinado pelo médico, mesmo que não existam mais sintomas.

2. Antiespasmódicos e analgésicos

Na maior parte dos casos, a cistite provoca sintomas desagradáveis como dor e ardência ao urinar, vontade frequente para urinar, dor abdominal ou sensação de peso no fundo da barriga e, por isso, o médico pode associar ao antibiótico remédios antiespasmódicos como o flavoxato (Urispás), a escopolamina (Buscopan ou Tropinal) ou a hiosciamina (Tropinal), por exemplo, que são remédios que aliviam todos estes sintomas associados ao trato urinário.

Além disso, embora não tenha ação antiespasmódica, a fenazopiridina (Urovit ou Pyridium) também alivia a dor e ardência característica das cistites, já que é um analgésico que atua no trato urinário. 

3. Antissépticos

Os antissépticos, como a metenamina e o cloreto de metiltionínio (Sepurin), também podem ajudar a aliviar a dor e a ardência ao urinar, ajudar a eliminar as bactérias do trato urinário e a prevenir infecções recorrentes e devem ser usados com orientação médica.

4. Anti-inflamatórios

Os anti-inflamatórios para cistite indicados pelo médico, como o ibuprofeno ou o cetoprofeno, ajudam a reduzir a inflamação na bexiga, aliviando a dor e o desconforto urinário causado pela cistite. 

Esses remédios podem ser usados em associação com antiespamódicos, que contém escopolamina, pois ajudam a diminuir as contrações musculares da bexiga e uretra que causam dor ao urinar.

5. Vacina

Outro tipo de remédio para cistite que pode ser indicado pelo médico é uma vacina na forma de comprimidos, o Uro-Vaxom, que tem componentes extraídos de Escherichia coli, que atua estimulando as defesas naturais do organismo, sendo usada para prevenir infecções recorrentes das vias urinárias ou como adjuvante no tratamento de infecções agudas das vias urinárias. Saiba como usar este medicamento

6. Opções de remédios caseiros

Os remédios caseiros para cistite como o chá de dente de leão ou a infusão de salsinha, são uma boa opção para ajudar a aliviar a dor e o desconforto causado pela cistite, podendo ser usados para complementar o tratamento indicado pelo médico. Confira outras opções de remédios caseiros e como preparar.

Além disso, também podem ser usados suplementos com extrato de arando vermelho, conhecido por cranberry, que pode estar associado a outros componentes, que agem impedindo a adesão das bactérias ao trato urinário, contribuindo para a manutenção de uma microflora intestinal equilibrada, criando um ambiente adverso ao desenvolvimento da cistite. Conheça outros benefícios das cápsulas de arando vermelho

Confira no vídeo seguinte algumas opções caseiras para combater a cistite:

Remédios para cistite intersticial 

A cistite intersticial, também conhecida por síndrome da bexiga dolorosa, é uma inflamação crônica da bexiga que causa dor e pressão na bexiga. Os remédios usados no tratamento atuam apenas de forma a diminuir os sintomas da doença, sendo os principais:

  • Anti-inflamatórios não esteroides, como o ibuprofeno ou naproxeno, para aliviar a dor e a inflamação;
  • Anti-histamínicos, como a loratadina ou cetirizina, que reduzem a urgência e frequência urinária e aliviam outros sintomas;
  • Polissulfato sódico de pentosano, que embora não se saiba ao certo o seu mecanismo de ação, pensa-se que protege as paredes internas da bexiga dos irritantes presentes na urina;
  • Antidepressivos tricíclicos, como amitriptilina e imipramina, que ajudam a relaxar a bexiga e bloqueiam a dor.

Outra alternativa de tratamento é a aplicação de remédios diretamente na bexiga como dimetilsulfóxido ou lidocaína, sempre sob indicação médica.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • COLGAN, R.; WILLIAMS, M. Diagnosis and treatment of acute uncomplicated cystitis. Am Fam Physician. 84. 7; 771-6, 2011
  • HANNO, P. M.; et al. American Urological Association. Diagnosis and treatment of interstitial cystitis/bladder pain syndrome: AUA guideline amendment. J Urol. 193. 5; 1545-53, 2015
  • DANIELS, A. M.; et al. Interstitial Cystitis: An Update on the Disease Process and Treatment. J Pain Palliat Care Pharmacother. 32. 1; 49-58, 2018
  • HUTTER, A.; et al. Nitrofurantoin revisited: a systematic review and meta-analysis of controlled trials. J Antimicrob Chemother. 70. 9; 2456-64, 2015
  • MANTECORP INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA LTDA. Macrodantina (nitrofurantoina) cápsulas 100 mg. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/macrodantina.pdf>. Acesso em 28 Set 2021
  • ZAMBON LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS LTDA. Monuril (fosfomicina trometamol) granulado 8g. Disponível em: <http://200.199.142.163:8002/FOTOS_TRATADAS_SITE_14-03-2016/bulas/45171.pdf>. Acesso em 28 Set 2021
  • PRODUTOS ROCHE QUÍMICOS E FARMACÊUTICOS S.A. Bactrim / Bactrim F (sulfametoxazol e trimetoprima). 2019. Disponível em: <https://drogariasp.vteximg.com.br/arquivos/1627---bactrim-400-80mg-20-comprimidos.pdf>. Acesso em 28 Set 2021
Mais sobre este assunto: