Tomografia computadorizada (TC): para que serve e como é feita

A tomografia computadorizada, ou TC, é um exame de imagem que utiliza raios X para gerar imagens do corpo que são processadas por um computador, podendo ser dos ossos, de órgãos ou de tecidos. Este exame não causa dor e qualquer pessoa pode realizá-lo, no entanto, as grávidas devem, de preferência, fazer outros exames em alternativa à tomografia computadorizada, como ultrassom ou ressonância magnética, pois a exposição à radiação é maior na tomografia.

A tomografia pode ser realizada, em alguns casos, com ou sem o uso de contraste, que é um tipo de líquido que pode ser engolido, injetado na veia ou inserido no reto durante o exame para facilitar a visualização de certas partes do corpo, sendo importante seguir as orientações do médico relacionadas com o preparo para a tomografia computadorizada com contraste.

Máquina da tomografia computadorizada
Máquina da tomografia computadorizada

Para que serve 

A tomografia computadorizada serve para auxiliar o diagnóstico de doenças musculares e ósseas, identificar a localização de um tumor, infecção ou coágulo, além de detectar e monitorar doenças e lesões. Os principais tipos de tomografias são:

  • Tomografia de crânio: Indicada para investigação de traumas, infecções, ocorrência de hemorragia, hidrocefalia ou presença de aneurismas;
  • Tomografia de abdômen e de pelve: Solicitada para avaliar a evolução de tumores e abscessos, além de verificar a ocorrência de apendicite, litíase, malformação renal, pancreatite, pseudocistos, lesões no fígado, cirrose e hemangioma.
  • Tomografia de membros superiores e inferiores: Utilizada para lesões musculares, fraturas, tumores e infecções;
  • Tomografia de tórax: Indicada para investigação de infecções, doenças vasculares, rastreamento de tumores e avaliação da evolução de tumores.

Normalmente as tomografias de crânio, tórax e abdômen são feitas com contraste para que haja visualização melhor das estruturas e seja possível distinguir facilmente os diferentes tipos de tecidos. No entanto, apesar de ser um exame com alta sensibilidade, não é a primeira opção de exame diagnóstico, já que a radiação, e o contraste em alguns casos, é utilizada para gerar imagens.

Como se preparar para o exame

O preparo para a tomografia computadorizada depende do objetivo do exame. Nos casos em que será feito com a administração de contraste, por exemplo, é recomendado que a pessoa fique em jejum de até 8 horas, ou de acordo com a indicação do médico, para que o contraste seja melhor absorvido e, assim, a imagem gerada ser mais nítida.

Nos casos em que será realizada uma tomografia da área digestiva, pode ser indicado o uso de laxantes para limpar o intestino e, assim, ser possível obter imagens mais claras.

Uma vez que as orientações para a tomografia computadorizada variam de acordo com o objetivo da realização do exame, é importante verificar as orientações com o médico ou clínica em que o procedimento será realizado. No entanto, independentemente do tipo de tomografia computadorizada, é recomendado retirar qualquer objeto com metal, como sutiã, brincos ou pulseira, por exemplo, já que podem interferir no resultado do exame.

É também importante informar ao técnico em radiologia que irá conduzir o exame se possui algum dispositivo implantado, como marcapasso, por exemplo, pois assim novas medidas de precaução deverão ser adotadas.

Como é feita

A tomografia é um procedimento simples e rápido, podendo ter duração média de 10 a 25 minutos. Para fazer esse exame, a pessoa fica deitada em uma maca, devendo permanecer imóvel durante todo o exame para evitar alterações nos resultados, o que poderia também aumentar a duração do exame. 

Após deitar na maca, o exame é iniciado através do deslocamento da maca para o tomógrafo, que é uma espécie de túnel, podendo a maca ser deslocada para dentro e para fora do tomógrafo durante a realização do exame de acordo com o objetivo. No tomógrafo, são emitidos os raio-X para que sejam absorvidos ou não nos tecidos e, ser possível gerar imagens no computador, que deverão ser avaliadas pelo médico.

A tomografia computadorizada não dói e nem causa aflição, já que o equipamento é aberto.

Quando não é indicado

A tomografia computadorizada não é recomendada para mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez, uma vez que é feito a partir da emissão de raios-X e com contraste, em alguns casos. Além disso, no caso de pessoas que fazem uso do medicamento metformina, é recomendada a suspensão do medicamento para realização desse exame.

A tomografia computadorizada também não é indicada para pessoas alérgicas ou asmáticos, sendo importante discutir outras alternativas para esse exame.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - HOSPITAL DAS CLÍNICAS. Técnicas de realização de exames em tomografia computadorizada. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-centro-oeste/hc-ufg/governanca/pops-e-protocolos/gerencia-de-atencao-a-saude/divisao-de-apoio-diagnostico-e-terapeutico/POP.UDI.008.TcnicasderealizaodeexamesemTC.pdf>. Acesso em 12 Nov 2021
Mais sobre este assunto: