Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para Candidíase

O tratamento para candidíase pode ser feito em casa, não dói e, normalmente, é feito com o uso de medicamentos antifúngicos na forma de comprimidos, óvulos vaginais ou pomada, prescritos pelo médico mediante o local de infecção.

O paciente deve consultar o médico para identificar o tipo de candidíase, que pode ser o ginecologista no caso das mulheres e o urologista no caso dos homens.

Tratamento para Candidíase

Medicamentos para a Candidíase

A tabela a seguir indica a dose e o modo de uso dos medicamentos mais utilizados no tratamento da candidíase:

MedicamentoDoseModo de uso
Fluconazol150 mgToma única
ClotrimazolCreme a 1%
Creme a 2%
1 vez ao dia por 7 a 14 dias
1 vez ao dia por 3 dias
MiconazolCreme a 2%
Creme a 4%
Óvulo de 100 mg
Óvulo de 200 mg
Óvulo de 1200 mg

1 vez por dia por 7 dias
1 vez por dia por 3 dias
1 óvulo por 7 dias
1 óvulo por 3 dias
1 óvulo por 1 dia

TioconazolPomada a 6,5%Toma única
ButoconazolCreme a 2%Toma única
TerconazolCreme a 0,4%
Creme a 0,8%
Óvulos de 80 mg
1 vez por dia por 7 dias
1 vez por dia por 3 dias
1 vez por dia por 3 dias
Nistatina (para candidíase oral)Crianças: 1 a 2 ml 4 vezes ao dia
Adultos: 1 a 6 ml 4 vezes ao dia
Uso por até 14 dias
Cetoconazol200 a 400 mgToma única

As pomadas e os comprimidos podem ser usados no tratamento de candidíase tanto no homem quanto na mulher e devem ser feitos sob orientação do médico. Para evitar que a infecção ocorra novamente, o ideal é que o casal seja tratado ao mesmo tempo.

Tratamento caseiro para candidíase

O tratamento caseiro para candidíase pode ser feito com iogurte natural, que ajuda a equilibrar o pH da vagina, impedindo a proliferação dos fungos responsáveis pela candidíase. 

Para fazer este tratamento caseiro, pode-se mergulhar um absorvente interno no iogurte natural e introduzi-lo na vagina, deixando-o atuar por, pelo menos, 3 horas. Os homens também podem fazer uso desse tratamento colocando o iogurte sobre a cabeça do pênis.

Veja outras dicas para curar a candidíase mais rápido e como evitar que ela volte neste vídeo:

Como CURAR NATURALMENTE a candidíase

787 mil visualizações

Cuidados durante o tratamento

Alguns cuidados no tratamento para candidíase incluem:

  • Ter boa higiene corporal, mantendo a região íntima bem seca;
  • Não ter contato íntimo sem preservativo;
  • Utilizar roupa de algodão pouco apertada;
  • Evitar o uso desnecessário de remédios, especialmente antibióticos;
  • Beber bastantes líquidos;
  • Dar preferência para verduras, legumes e fruta;
  • Evitar o consumo de álcool, açúcar e alimentos gordurosos.

Estes cuidados ajudam a tratar e a prevenir o surgimento de candidíase, podendo ser usados por homens e mulheres de qualquer idade.

Tratamento para candidíase na gravidez

O tratamento para candidíase na gravidez deve ser indicado pelo obstetra, podendo ser indicado o uso de Clotrimazol em óvulos ou comprimidos vaginais. Deve-se evitar aplicar esse medicamento com cânula, para não comprometer o colo do útero.

A candidíase na gravidez é muito comum porque o sistema imunológico da mulher fica enfraquecido, o que facilita o desenvolvimento de fungos. O tratamento deve ser realizado antes do parto para reduzir o risco de infectar o bebê no momento do parto normal.

Tratamento para candidíase recorrente

Nos casos de candidíase recorrente, deve-se identificar a causa que pode estar na origem deste problema, que pode estar relacionado com o uso de antibióticos, sistema imune enfraquecido, presença de outras doenças, alimentação desadequada ou uso de roupas sintéticas ou muito apertadas, por exemplo. 

Assim, dependendo da causa, a prevenção da candidíase recorrente pode ser feita com a alteração do estilo de vida e da alimentação, utilização de probióticos, principalmente quando é necessário tomar um antibiótico, fortalecimento do sistema imune e, em alguns casos, tratamento profilático com um antifúngico oral.

Sinais de melhora 

Os sinais de melhora da candidíase genital incluem a diminuição da coceira, vermelhidão e inchaço, assim como o desaparecimento de corrimento branco. Já os sinais de melhora da candidíase intestinal são, essencialmente, a regulação do trânsito intestinal e a diminuição do cansaço e fraqueza.

Sinais de piora 

No caso de a infecção estar piorando, podem surgir sinais de piora como náuseas e vômitos, dor abdominal intensa, febre com arrepios ou perda de apetite por longos períodos. Caso o paciente apresente sinais de piora da candidíase, deve ir ao hospital para iniciar o tratamento adequado.


Bibliografia

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem