Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é o tratamento para hipertireoidismo

O tratamento para hipertireoidismo deve ser indicado pelo clínico geral ou endocrinologista de acordo com os níveis de hormônios circulantes no sangue, idade da pessoa, gravidade da doença e intensidade dos sintomas, podendo ser indicado o uso de remédios, tratamento com iodo radioativo ou realização de cirurgia para retirar a tireoide.

O hipertireoidismo é causado por distúrbio no funcionamento da glândula da tireoide, que faz com que ela funcione de forma exagerada, liberando hormônios para o corpo numa quantidade muito maior do que o esperado. É importante que o hipertireoidismo seja identificado e tratado para que a pessoa apresente melhora dos sintomas e tenha maior qualidade de vida. Veja mais sobre o hipertireoidismo.

Como é o tratamento para hipertireoidismo

1. Remédios para Hipertireoidismo

O uso de remédios corresponde à primeira linha de tratamento para o hipertireoidismo já que atuam diretamente na regulação dos níveis hormonais, e que podem inibir a síntese de T4 e bloquear a sua conversão à T3, diminuindo, assim, a quantidade de hormônios tireoidianos circulantes no sangue.

Os principais remédios recomendados pelo médico para tratar o hipertireoidismo são o Propiltiouracil e o Metimazol, no entanto a dose vai depender dos níveis de hormônios circulantes, resposta ao tratamento ao longo do tempo e efeitos colaterais sentidos. Assim, durante o tratamento pode ser necessário fazer ajustes da dose ao longo do tempo, podendo o médico manter, aumentar ou baixar a dose do remédio.

Para avaliar se o medicamento está na dose certa e se está tendo o efeito desejado, serão pedidos exames ao sangue para avaliar os níveis dos hormônios TSH, T3 e T4 no corpo, podendo a dose certa de remédios ser conseguida entre 6 a 8 semanas de tratamento.

Saiba mais sobre os remédios para hipertireoidismo.

2. Tratamento com iodo radioativo

O tratamento com iodo radioativo, também conhecido como iodoterapia consiste na ingestão de uma cápsula contendo essa substância, sendo indicado quando o tratamento com remédios não é eficaz. Este método promove uma intensa inflamação das células da tireoide, resultando na diminuição da produção de hormônios.

Muitas vezes, apenas 1 dose de iodo radioativo pode ser suficiente para tratar o hipertireoidismo, porém podem existir casos onde é necessário que o médico prolongue o tratamento por algum tempo. 

Esse tipo de tratamento não é recomendado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, além de ser recomendado que a gravidez seja adiada em 6 meses após o término do tratamento, no caso das mulheres que estejam planejando engravidar.

Entenda como funciona a iodoterapia para hipertireoidismo.

3. Cirurgia para retirada da tireoide

A cirurgia para retirada da tireoide, também chamada de tireoidectomia, é um tratamento definitivo e que consiste na redução do tecido da tireoide de forma a diminuir a produção de hormônios. No entanto, devido ao fato de parte da tireoide ser retirada, esse tipo de cirurgia também está associada à maior chance de desenvolvimento de hipotireoidismo. Por isso, é importante que a pessoa seja seguida de forma regular pelo médico.

Essa cirurgia é indicada nos casos onde os outros tratamentos não resultaram ou quando existe a presença de nódulos, aumento exagerado da tireoide ou câncer, e, de acordo com a gravidade da doença, pode ser total ou parcial, ou seja, se toda ou parte da tireoide é removida.

A recuperação da cirurgia é bem simples, sendo depois apenas recomendado evitar fazer esforços para não provocar inchaço ou sangramento no local do corte. Veja como é feita a cirurgia de tireoide.

Veja também o que pode comer no dia a dia para controlar o hipertireoidismo no vídeo a seguir:

Bibliografia >

  • LONGO, Dan L. et al.. Medicina interna de Harrison. 18.ed. São Paulo: AMGH Editora, 2013. 2920-2921.
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. PROTOCOLO DE HIPERTIREOIDISMO/TIREOTOXICOSE (NO ADULTO). Disponível em: <http://www.hu.ufsc.br/setores/endocrinologia/wp-content/uploads/sites/23/2015/01/PROTOCOLO-DE-HIPERTIREOIDISMO-NO-ADULTO-OK-06-de-agosto.pdf>. Acesso em 29 Abr 2020
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Quais os objetivos do tratamento para o hipertireoidismo e quais as principais medicações?. Disponível em: <https://aps.bvs.br/aps/quais-os-objetivos-do-tratamento-para-o-hipertireoidismo-e-quais-as-principais-medicacoes/>. Acesso em 29 Abr 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem